PSD DIFICULTA AINDA MAIS A VIDA AOS AROUQUENSES

por Pedro Sousa em 28 de Fevereiro de 2010

em Arouca,País

Não é desprovida de lógica a ideia de que a resistência social-democrata a tudo o que é investimento público foi uma das responsáveis pelo adiamento da Concessão Vouga e, em seguimento, ao adiamento da ligação de Arouca à Feira.

Movimentações de cidadãos arouquenses e também dos orgãos políticos locais têm lutado contra essa decisão, procurando que o Governo decida fazer a obra.

Agora, Manuela Ferreira Leite vem prejudicar ainda mais a luta quando decide isto:  Manuela proíbe PSD de propor alterações ao Orçamento

Devemos todos agradecer…

{ 10 comentários… lê abaixo ouadiciona }

1 f 28 de Fevereiro de 2010 às 0:19

MFL pensa no país, tu pensas apenas em Arouca…

Responder

2 Pedro Sousa 28 de Fevereiro de 2010 às 22:17

Caro Frank,

Essa não colhe… se MFL andasse preocupada com o país não tinha defendido o alargamento do endividamento da Madeira.

Responder

3 Fernando Matos Rodrigues 28 de Fevereiro de 2010 às 21:07

Caro Pedro Sousa,
Que falta de honestidade politica e civica…Os arouquenses não são estupidos como voce pensa e transmite ness post,
Vamos lá ter um pouco de dignidade no discurso…E já agora, essa comissão de independentes e de cidadãos pela Variante cheira-me a puro oportunismo e não tem força social nem mandato civico.
Tenham juizinho rapazes…
do fmr

Responder

4 Pedro Sousa 28 de Fevereiro de 2010 às 21:52

Caro FMR,

Desonestidade porquê? A verdade é que todos andamos a lutar por uma alteração do PIDDAC que possa incluir a obra e esta decisão pode dificultar a pretensão… não vejo em que é que isso é desonestidade.

E concordo consigo numa coisa… os arouquenses não são estúpidos (ainda recentemente fizeram escolhas claras nas eleições que demonstram isso) mas foi o FMR que muitas vezes, no seu blog, depreciou Arouca e os arouquenses com expressões como “Arouca tornou-se num deserto de civilização”, “Arouca é um parque temático de estupidez e ignorância” ou “[em Arouca aparecem] a mediocridade, a ignorância e a banalidade” apenas para citar coisas recentes. Acusa-me a mim de achar o povo de Arouca estúpido?

Quanto ao Movimento de Cidadãos, julgo que o problema está no seu nariz, se acha que ele cheira a oportunismo. É curioso como um elemento (ou ex-elemento ou ex-futuro elemento) de um Movimento de Cidadãos aponta o dedo a um outro movimento. A democracia está consolidada e nela cabe bem todos os movimentos cívicos que procurem um bem comum, como é o caso. Aliás, nem sequer sei que tipo de benefício se poderia tirar de fazer parte do movimento. Não será, por exemplo, um lugar na Assembleia, dado que 2 de nós já lá estamos. Quer me dar um exemplo?

Responder

5 joaquim toscano 28 de Fevereiro de 2010 às 21:46

“Vamos lá ter um pouco de dignidade no discurso…E já agora, essa comissão de independentes e de cidadãos pela Variante cheira-me a puro oportunismo e não tem força social nem mandato civico.
Tenham juizinho rapazes…
do fmr”
Mas naão há mais nada do que falar?
Vocês dois fazem uma belíssima equipe…
Enterrem lá os machados, já que nunca foram inimigos de jeito e são farinha do mesmo saco, independentemente de…
REFLEXÃO!, linguagem simples, problemas concretos, acção, resolução- NE ME LIXEZ PAS!

Responder

6 Diogo Brito 1 de Março de 2010 às 10:19

Bom dia,

Eu acho que o Pedro Sousa tem razão, a culpa da Variante é do PSD.
Porque o Pedro sabe que se o PSD estivesse no Governo tinha-mos variante.
Pedro, diz ao teu Secretário Geral ou PM, para apenas cumprir com o que prometeu e deixa de culpar os outros.

Responder

7 Pedro Sousa 1 de Março de 2010 às 13:28

Caro Diogo,

Este post não tem a ver com culpa. Apenas o facto de que, a acreditar na noticia, se algum partido propuser a inclusão da variante no PIDDAC, os deputados do PSD vão votar contra. E isso, como eu digo, dificulta ainda mais

Responder

8 Fernando Matos Rodrigues 1 de Março de 2010 às 16:00

Caro Pedro Sousa,
Afinal você tem razão…A culpa não é do PS nem do PSD. A culpa é só de Arouca e dos arouquenses.

Nota: Em relação aos meus considerandos não descontextualize…Ó Pedro não estava a falar de si.

um abraço do
fmr

Responder

9 A. J. Brandão de Pinho 1 de Março de 2010 às 17:30

Caro Matos Rodrigues,

Cabe, então, perguntar se se referia a mim?

Cumprimentos,

Responder

10 F Santos 3 de Março de 2010 às 16:12

Só me apraz dizer: Que grande lata!

Responder

Anterior:

Seguinte: