From the daily archives:

Sábado, Janeiro 24, 2009

e agora, sr. PM?

por Pedro Sousa em 24 de Janeiro de 2009

em País

120.000 nas ruas não o atingiram

A reunião da esquerda não o atingiu

A estória da licenciatura não o atingiu

Mas… a sorte continuará a protegê-lo com o Freeport?

********************

Adenda: este caso, como muitos outros, levou um suposto/eventual visado a ter de dar uma conferência de imprensa a tentar dar esclarecimentos. Curioso como na política – e com os jornais impunes nas acusações, mesmo que depois não sejam provadas – parece que são os visados a ter de provar inocência, em vez ser a justiça a  provar a culpabilidade.

{ 5 comentários }

FENPROF TEM INTROMISSÃO POLITICA

por Pedro Sousa em 24 de Janeiro de 2009

em País

Antes que me massacrem, não fui eu que disse a frase do título… foram dirigentes do Sindicato Nacional de Professores (O Sindicato dos Professores do Norte integra a Fenprof e a CGTP. )

Quatro dirigentes do Sindicato dos Professores do Norte (SPN) demitiram-se do PCP, acusando o partido de se imiscuir na vida interna da estrutura sindical, disse à Lusa uma das demissionárias.

«Os sindicatos são estruturas independentes quer o PCP goste ou não goste», disse à Agência Lusa Júlia Vale, membro do secretariado nacional e do conselho nacional da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e dirigente do SPN

[...]

Os professores acusam membros do PCP de «perseguição» dentro do sindicato.

E agora pergunto eu: MAS ISTO É SURPRESA PARA ALGUÉM?

{ 2 comentários }

O PSD É CONTRA O AUMENTO DOS VENCIMENTOS DOS FUNCIONÁRIOS

por Pedro Sousa em 24 de Janeiro de 2009

em País

«O vice-presidente do PSD António Borges afirma ao DN que o aumento anunciado pelo Governo para a função pública de 2,9% “é uma medida eleitoralista”, que vai “ter um impacto muito negativo na economia portuguesa”. »

É a forma de o PSD combater a crise… depois de criticar o aumento do Salário Mínimo, condena o aumento da Função Pública.

E depois andam a pedir medidas sociais e de protecção à classe média.

{ 0 comentários }