LER PARA NÃO ACREDITAR

por Pedro Sousa em 16 de Dezembro de 2008

em Estado de Espírito,País

Na proposta apresentada pela Plataforma de Educação ao ME pode ler-se, relativamente à Menção Qualitativa a atribuir ao docente:

1.Tendo em conta a existência de quotas e as claras injustiças surgidas no ano transacto em virtude da ausência de critérios claros e objectivos que pudessem ser aplicados, não deverão ser atribuídas menções qualitativas que não sejam as de “Insuficiene”, “Regular” ou “Bom”, até porque esta é matéria para negociação futura; ”

2. Em qualquer dos casos, transitoriamente, a atribuição das menções de insuficiente e de Regular não produz efeitos.”

Claro, só o Bom é que produziria?

{ 1 comentário… lê abaixo ou adiciona }

1 F Santos 16 de Dezembro de 2008 às 15:28

Se leres o e-mail que foi enviado aos profs pelo ME que eu postei no arouca.biz, vais perceber melhor esta questão.

Responder

Anterior:

Seguinte: