From the daily archives:

Quinta-feira, Janeiro 31, 2008

O que eu gostava de ter escrito IV

por Pedro Sousa em 31 de Janeiro de 2008

em Com a devida vénia

Se Correia de Campos tivesse cedido às farmácias, tivesse modernizado o SNS ao mesmo tempo que mantivesse serviços de saúde de má qualidade em todos os municípios, se tivesse decidido sobre a localização dos serviços de saúde depois de ouvir os autarcas, se tivesse nomeados boys do PS para todos os cargos de gestão seria agora um ministro muito bem visto e ninguém estaria muito preocupado com o aumento do défice, até Sócrates teria a ganhar porque a sua obsessão pelo défice seria atenuada.

daqui: http://www.jumento.blogspot.com/

{ 0 comentários }

Em defesa do INEM

por Pedro Sousa em 31 de Janeiro de 2008

em País

inem.jpg

Ponto prévio: o INEM não precisa de defesa. O serviço que tem prestado ao país fala por si. Nunca tive necessidade de utilizar, mas tudo o que tenho ouvido reflete isso.

Relativamente ao telefonema que tem passado na televisão: o telefonema apenas reforçou a minha confiança no INEM e nos Bombeiros. Porquê? Simples… num ponto do telefonema a operadora do INEM diz (e vou citar de cor) “Meu Deus, isto nunca me aconteceu“. Ou seja, nunca a operadora tinha encontrado uma situação semelhante. Logo, foi uma excepção, não significa absolutamente nada.

Aquele caso foi uma caricatura do sistema, mais nada. Eu continuo a confiar! Mas já deu para perceber, como digo aqui, que a SIC anda a fazer o trabalho sujo de terceiros.

{ 0 comentários }

A nova agência de aluguer de ambulâncias resulta de uma parceria entre o Ministério, a empresa Hospitais Privados de Portugal e a Avis, marca conceituada no aluguer de viaturas, e arrancará com uma filial em Lisboa e outra no Porto. O aluguer da ambulância não inclui condutor, sendo necessário o pagamento extra caso o cliente não tenha condições de conduzir a ambulância até ao Hospital.

Humor retirado daqui: http://biscoitointerrompido.blogspot.com/2008/01/correia-de-campos-lana-agncia-pblico.html

{ 0 comentários }