Concordo em absoluto

por Pedro Sousa em 17 de Março de 2010

em País

A aprovação da «lei da rolha» no Congresso do PSD «revela de forma cristalina o estado em que se encontra actualmente o PSD», como escreve Constança Cunha e Sá, no CM. As reacções imediatas, de quase todos os quadrantes, à norma estatutária aprovada revelam uma atenção muito grande a limitações à liberdade de expressão na sociedade portuguesa, o que levou os próprios candidatos à presidência do PSD a rejeitarem imediatamente o que aprovaram. Levar a questão para discussão no Parlamento, como anunciou Francisco Assis, em nome do grupo parlamentar do PS, enferma da mesma motivação que levou à constituição da Comissão de Ética sobre o controlo da comunicação social: não pretende resolver, nem esclarecer nada sobre a liberdade de expressão, mas tão só desgastar e enlamear os adversários políticos. É um mau caminho.

{ 1 comentário… lê abaixo ou adiciona }

1 inquieto 18 de Março de 2010 às 15:09

olá.

também concordo!
mas não em ablsoluto.

é que assim, aqueles em quem tu confias, são iguais aos quais eu não confio, nem tu nem algém jamais confiará.!!

deviam ter o tempo para trabalhar.

ou o trabalho é pouco, ou
os deputados são muitos, ou então
eu, e os meus camaradas de blogue, somos afinal, muito mais gente do que eles supõem de nós!!

um abraço
inquieto

Responder

Anterior:

Seguinte: