À frente nas redes de nova geração

por Pedro Sousa em 14 de Dezembro de 2009

em País

O Jornal alemão Heise descreveu hoje Portugal como o país mais dinâmico no que diz respeito a redes de nova geração na Europa. Estas novas redas permitem atingir velocidades bastante elevadas no acesso à internet.   Segundo o jornal o sucesso de Portugal no desenvolvimento destas redes prende-se como o factode o Governo ter chegado a acordo com a PT, Onitel, Zon Multimedia e Sonaecom na disponibilização de subsídios e acesso a empréstimos a baixo custo. Este esforço, ainda segundo o Heise, permite que actualmente os operadores ofereçam ligações de 100 Mbps em 1,5 milhões de alojamentos.

Lamente-se, apenas, que tenham de ser os jornais alemães a darem conta dos esforços de modernização e desenvolvimento do nosso país que estão actualmente a ter lugar em Portugal.

{ 2 comentários… lê abaixo ouadiciona }

1 Azevedo 15 de Dezembro de 2009 às 20:56

… o mais dinâmico, também, na perda de empregos: neste caso terceiro mais dinâmico dos membros da OCDE.

Responder

2 F Santos 16 de Dezembro de 2009 às 21:59

YUPI!!! Somos grandes!!!!

E também estamos à frente da Letónia, Lapónia e outros acabados em “ónia” em taxa de desemprego, pobreza, salários miseráveis, impostos per capita, desigualdade, etc, etc, etc….

Já éramos o Brasil da Europa em termos futebolísticos (diz quem sabe); agora estamos a ficar ao nível do pior da América Latina em todos os aspectos!! Mas somos tecnológicamente evoluídos, está tudo bem!

Já agora: o Sócrates já assinou a escritura de sociedade nas empresas JP Sá Couto e Energie? Se fosse eu não assinava, vai dar barraca!!

Responder

Anterior:

Seguinte: