RECORTES…

por Pedro Sousa em 1 de Setembro de 2007

em País,Repita lá?!?!?!?

Do jornal Expresso deste fim de semana, retive 2 artigos.

O primeiro diz “Inquérito que não vai dar em nada”. Isto é, ainda antes do inquérito decorrer, já sabemos que ele não vai dar em nada. A SOMAGUE pagou uns largos milhares de Euros a uma empresa que fez um servicinho ao PSD, já houve quem assumisse a “culpa política”, mas ninguém acredita que seja possível provar o que quer que seja. O crime compensa???

O segundo diz “3,9% de probabilidades de encontrar emprego das mais baixas da OCDE”. Cito partes:

Só 3,9% dos desempregados portugueses conseguem encontrar emprego mensalmente. Nos primeiros trinta dias após ficarem sem trabalho, a percentagem é de 7,1% mas diminui quase 1,5 pontos por cada mês que passa.
[...]
[estudo] coloca Portugal como o terceiro país da OCDE onde é mais difícil sair do desemprego.
[...]
O mercado mais flexível é o norte-americano onde, todos os meses, mais de metade dos desempregados conseguem voltar a trabalhar (56,3%). No primeiro mês são cerca de três quartos a fazê-lo.
Olivier Blanchard, professor de Economia no MIT e actual conselheiro do Presidente francês, justifica esta situação com a elevada protecção do emprego em Portugal.
[...]

jornada_luta2.jpg

Muito se tem falado sobre a necessidade de criar maior flexibilidade no mercado de trabalho português, que continua agarrado a um modelo ultrapassado. Concordo com o que disse Carlos Tavares (ex-ministro PSD) “Precisamos de deixar de proteger o emprego e passar a proteger a pessoa”.

Interessante, não?

Anterior:

Seguinte: