Hospital Pedro Hispano – Sinal Positivo

por Pedro Sousa em 3 de Outubro de 2007

em País

Com a mania que há de falar mal dos Hospitais públicos, decidi vir aqui dizer que necessitei de utilizar os serviços do Pedro Hispano (Matosinhos) e fiquei agradavelmente surpreendido.

As duas criticas que faço – antes de ir aos pontos positivos – são: o tempo de marcação de consulta. Foi pedida pelo Centro de Saúde em Junho e foi marcada para 25 de Setembro e 03 de Outubro. Além disso, tinha consulta às 16.30h, fui atendido às 17.30h.

Mas prefiro relevar o positivo. Aqui vai:

a) Por motivos profissionais, tentei adiar, por telefone, os exames de dia 25. Depois da chamada (talvez 30 minutos depois) o Hospital ligou-me a dizer que remarcar ia demorar muito, mas que se eu quisesse podia levar a máquina para casa e fazer o teste em casa, desde que a devolvesse no dia seguinte. Assim, foi. Graças à pro-actividade do Hospital (que não tinha essa obrigação, pois fui eu que pedi o adiamento), não tive de esperar mais 5 meses.

b) Na consulta de dia 3, fui atendido pela Dra. Ana Paula Simão* que fez 3 coisas muito pouco comum nos médicos portugueses:

 - veio receber à porta do gabinete;
 - estendeu-me a mão para me cumprimentar;
 - deu-me uma explicação detalhada, olhando-me nos olhos e não para os papéis e/ou computador

c) Instalações do melhor, limpas. Pessoal do secretariado extremamente simpático.

Porque acho que não é só falar mal, decidi deixar o testemunho!

*ponho o nome da médica porque não sei se o profissionalismo por ela demonstrado, é geral ao hospital ou especificamente da pessoa.

{ 3 comentários… lê abaixo ouadiciona }

1 liliana 20 de Outubro de 2007 às 9:10

ola…a minha avo tem uma consulta marcada no hospital pedro hispano so que perdeu o papel e agora nao sabe quando é a consulta eu gostava de saber como se faz para ter acesso ao dia da consulta?

Responder

2 JOsé 26 de Julho de 2008 às 18:27

Faz hoje um mês que, após uma queda fui reencaminhado para ortopedia e atendido pelo Dr Camais Blinque (ortopedista) o qual me enviou para casa com uma fractura do punho. Este senhor ficou de tal maneira incomodado de o perturbarem ao fim de semana que além de rude chegou mesmo a ser agressivo. Há coisas que não se podem deixar passar. Amigos, o livro de reclamações serve para isto mesmo!!!

Responder

3 Albertina Fernanda Cerqueira Machado 1 de Novembro de 2009 às 0:30

Eu após acidente de scooter, fui internada no hospital Pedro Hispano, de 2 de outubro a 9 de outubro de 2009.
Fui operada ao ombro.
Venho por este meio agradecer a todo o pessoal do serviço de ortopedia, enfermeiros e pessoal auxiliar, a simpatia, o profissionalismo, a dedicação demonstrada e o empenho.
Sou uma pessoa nervosa e tinha muito medo e o pessoal deste serviço, conseguiu que eu estivesse confiante ,calma e tranquila.

Infelizmente não tenho a mesma opinião do bloco operatório, porque era para ser operada no dia 6, estive em jejum nho dia 5 até ás 23h do dia 6 e quando me levaram para o bloco operatório, após alguma confusão e mau humor da senhora que estava de serviço no bloco operatório, soube que não ia ser operada naquela hora porque a esterilizaçao tinha fechado ás 22.30 e não havia material.
Acho inadmissivel, ter sido mantida tantas horas em jejum, nervosa e ansiosa e depois no bloco operatório me dizerem que só ia ser operada na semana seguinte, dia 13.
PENSO que não que a tal senhora não teve sentimentos, nem maneiras para explicar o que se estava a passar, sendo muito fria.
SE me mantiveram em jejum, julgo que o bloco operatório sabia que se ia realizar uma cirurgia e não ter o material esterelizado, é falta de zelo e profissionalismo.
LAMENTO tal facto porque a nível de limpeza, pessoal e instalaçoes , este hospital é 5 ESTRELAS.

Responder

Anterior:

Seguinte: