ALDEIA DE DRAVE AGUARDA CLASSIFICAÇÃO

por Pedro Sousa em 14 de Janeiro de 2011

em Arouca

O Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico tem mais de 600 imóveis em todo o país à espera de avaliação


O edifício Testa e Amadores (Aveiro), a aldeia de Drave (Arouca), o monumento megalítico do Souto do Corval (Sever do Vouga) ou o mercado municipal de Santa Maria da Feira contam-se entre os 18 monumentos do distrito de Aveiro que continuam a aguardar classificação pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR).

{ 3 comentários… lê abaixo ouadiciona }

1 Jorge Amorim 14 de Janeiro de 2011 às 12:49

Bem… é na minha opinião uma EXCELENTE notícia.
Se por um lado é bom pois pode ajudar a preservar o que ainda vai restando, espero que não signifique demasiado povo por lá com cada um a levar uma pedrinha e (sei que vou ser “crucificado” por causa disto), espero que não façam qualquer estrada ou estradão até lá. Que não façam a porcaria que já foi feita desde o alto de Regoufe até quase meio do caminho para Drave.
Ou se preserva o que Drave sempre foi, ou mais vale estar quieto. Assim, só lá vai quem gosta mesmo e quem quer.
A preservação muitas vezes é apenas conseguida com um certo “segredo” e “mística” da dificuldade em chegar.
Todas as vezes que lá vou (e são algumas por ano) lembro e respeito a dificuldade dos que por lá viveram e trabalharam. E isso é algo que deve também ser preservado.
Já agora, podiam ser providenciadas diligências para removerem os postes e fios de telefone caídos pelo caminho. Não servem para nada e mancham a paisagem.

Jorge Amorim

Responder

2 Observador 18 de Janeiro de 2011 às 15:05

Ó Pedro, estás com falta de tempo? Esperava ver o blogue animado por estes dias, recheado de links para a cegueira panfletária habitual, ou não estivéssemos em plena campanha eleitoral. Mas não, o vazio do blogue é o espelho do vazio da dita campanha. Sem ideias, sem rumo, apoiada em insultos, calúnias e desinformação. É assim a campanha do candidato apoiado pelo PCTP/MRPP, BE e PS. Baixa, muito baixa portanto… Mas a razão do teu silêncio deve ser porque o SAPO é tão grande que ao engoli-lo te ocupa a garganta toda…

Responder

3 Pedro Sousa 20 de Janeiro de 2011 às 20:38

Caro Observador,

Sim, é essencialmente falta de tempo.

No entanto, eu não tenho qualquer razão para fazer campanha nas presidenciais, dado que é uma eleição unipessoal. Nada tem a ver com partidos e eu não misturo as coisas. A única coisa que posso dizer é que Cavaco nunca.

E realmente a campanha anda pelas ruas da amargura… esse tipo de temas só são interessantes se for sobre Sócrates… Agora dizer que Cavaco se safou, só Deus sabe como, de um processo disciplinar na Universidade Nova por faltas injustificadas. Que o IVA da marquise lá fez o seu caminho entre arquivamento, prescrições e ricochetes noutros processos. Que nomeou o cunhado para o conselho de administração da Cimpor em vésperas da sua privatização, que não sabe de uma escritura de uma casa e que o registo predial da mesma desapareceu… isso é insulto e calúnia. LOL

Não percebo é a do engolir o SAPO… podes desenvolver?

Responder

Anterior:

Seguinte: