O que eu gostava de ter escrito XX

por Pedro Sousa em 27 de Agosto de 2008

em País

«Eu não tenho nada contra o silêncio de Manuela Ferreira Leite. O meu problema é mesmo quando ela fala. Ao fim de três meses à frente do PSD, não me lembro de uma única ocasião – uma só, solitária e viuvinha – em que depois de a escutar, a ela ou à sua comissão política, eu tenha pensado para mim mesmo “ena, está bem visto, tem toda a razão”. Jesus Cristo passou 40 dias no deserto antes de iniciar a sua vida pública, mas pelo menos quando regressou tinha alguma coisa de relevante para dizer. Será que Manuela tem? Veja-se o caso do recente e muito badalado pedido de demissão do ministro da Administração Interna, na sequência da onda de crimes violentos. Depois de um longo retiro espiritual, embrenhado em profundíssimas reflexões sobre a Universidade de Verão, o PSD lança um comunicado onde defende, com inigualável originalidade… o afastamento de Rui Pereira do Governo. Uau. Isto é o mesmo que passar cinco anos a estudar engenharia hidráulica só para aprender a regar batatas.»

via Jumento

Anterior:

Seguinte: