Fixe… eu vou deixar de pagar à EDP

por Pedro Sousa em 15 de Junho de 2008

em Repita lá?!?!?!?

«Os custos com as dívidas incobráveis da electricidade vão passar a ser pagos por todos os consumidores. Hoje, é a EDP Serviço Universal que assume os encargos totais dessas dívidas. Mas a proposta da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) para o próximo período regulatório de 2009/11 prevê que os encargos com esses compromissos passem a ser partilhados com os consumidores de electricidade a partir do próximo ano, nas tarifas de electricidade.»

Clientes vão pagar dívidas incobráveis

{ 4 comentários… lê abaixo ouadiciona }

1 Geraldo soares 15 de Dezembro de 2009 às 9:59

Que brincadeira é está ? só pode ser de mal gosto, pois o que tenho eu a ver com quem não pode ou não quer pagar as facturas abusivas da EDP que monopoliza a eletricidade em Portugal fazendo de conta que esta tendo pejuizo. “mentira tudo mentira”. pois tenho conhecimento de altos salarios na administração divulgado pela comunicação social, e pelos funcionarios. Festas as escondidas e tantas outra coisas mais não sei se e verdade ou não fico sempre na duvida, pois o pais esta abraços com corrupções e mais corrupções vendas de passivos e uma serie de coisas por baixo dos panos. Quem paga a factura é o zé povinho o paga tudo. As energias renivaveis estam ai mais niguem se preocupa com elas a serio só diz na imprenssa que estam fazendo ( só para ingles Ver). E os preços poderiam baixar? SIM, más não é interssante, pois teriam que cortar as mordomias, e isto e IMPESSAVEL. EU diminuir meu salário, diminuir minhas mordomias, o carro que leva meus filhos a escola (com motorista )e tantas coisas mais, é só investigar e descobririam milhentas faucatruas nas empresas estatais. Mas a justiça faz vista grossa a certos casos. Não estou cá acusar ninguem é so um desabafo. que mostrem as contas REAIS. Não atribuam as culpas aos outros de suas INCOPETENCIAS ou ADM, DANOSA, ( E INTELIGENTE), se eu estivesse a acusar teria provas e as colocaria para todos verem.Eu tenho 46 anos, sou eletrecista tenho curso feito para armazem, estou cursando eletronica para ver se consigo melhorar alguma coisa e ter um trabalho, mas e frustrante quando se bate a porta de uma empresa e ela nos diz por enre linhas o SENHOR É (V E L H O). e estou nodesemprego todas as empresas dizem que estou velho para trabalhar e a segurança social me diz que estou novo para a reforma (concordo com asegurança social) sou novo tenho muito a dar a este PAÍS mas me dizem não .Então me deem trabalho quero trabalhar , e não ser mais um numero nas estatistica do governo que sim tem tentado, mas os EMPRESÁRIOS… dizem que não podem fazer nada. Já passa da hora de virar a mesa tetem invertir no povo e dar trabalhos . em todos os setores da agricultura até as grandes indutrias. Não devemos querer viver das esmolas dos outros, do sacrificio de outros que nada teem com a nossa vida o povo portugues que um povo de lutadores esta se tornando um povo de preguisssos e sangue sugas corruptos ladrões e mafiosos como tantos outros que foram colonizados. O que é isto temos que levantar ir a luta descobrir novos continentes dentro de nos mesmos. Lutar pelos nossos filhos contra os INTELIGENTES que só se precupam com eles mesmos e os proprios bolços. Portugal tem meios para voltar a crescer ser PORTUGAL ser novamente lider de descobertas pois temos talentos, temos PESSOAS capases, que importa se elas teem 20 30 40 50 60 ou até 100 anos a cabeça em alguns casa quanto mais idade tem se for trabalhada pode produzir isto não quer dizer que o corpo vá respoder mas não matem o povo antes da hora. deixem-nos trabalhar. Não atribuam as culpas dos maus pagadores dos DESEMPREGADOS que não podem pagar as contas a outros. Tenhão trabalho de ver realmente se esta pessoas que não pagam as contas se e real ou se é fantazia e não coloquem por debaixo dos panos contas de EMPRESAS que supostamente FALIRAM e abriram em outro local com outro nome e os proprietários estam a grande a a francesa, e tudo bem e ZÉ povinho paga.

Responder

2 F Santos 16 de Dezembro de 2009 às 21:51

Tanto alarido?
Acham que quem não paga, não paga e pronto? A EDP esquece-se, é isso?
Ingenuidade.

Já olharam bem para a factura da EDP? Já discerniram a quantidade de taxas “inexplicadas” que pagam? Esta é só mais uma…

Oh caro Pedro Sousa:
já não vendes electricidade da Iberdrola?

Responder

3 Pedro Sousa 17 de Dezembro de 2009 às 10:11

Caro F Santos,

Nunca vendi Iberdrola. A empresa que detinha vendia Sodesa, que era uma parceria entre a Sonae e a Endesa, para venda de electricidade em Média Tensão e Baixa Tensão Especial. Mercado esse que, devido ao “proteccionismo” que tem a EDP, deixou de ter interesse.

O Mercado liberalizado de electricidade em Portugal anda muito perto de ser uma piada.

A factura da EDP é muito clara. Julgo que é uma empresa que, mesmo incumbente, para não dizer monopolista, presta um bom serviço

Responder

4 F Santos 17 de Dezembro de 2009 às 19:56

Caro
falei na Iberdrola à tôa, apenas porque me lembro de termos trocado umas impressões na altura em que estavas “ligado” a essa área.

A factura da EDP é claríssima. Principalmente quando chegamos à parte da “contribuição audio-visual”

O que é que a EDP tem a ver com a RTP?

Responder

Anterior:

Seguinte: