From the daily archives:

Sexta-feira, Fevereiro 22, 2008

Afinal sempre há 2 PSD’s

por Pedro Sousa em 22 de Fevereiro de 2008

em O mundo anda louco,País,Repita lá?!?!?!?

No dia seguinte, o presidente do PSD, Luís Filipe Menezes, demarcou a sua liderança da ilegalidade financeira cometida em 2001, quando Durão Barroso estava à frente do partido. «Independentemente de o PSD ser só um, este meu PSD não tem nada a ver com isso», declarou Luís Filipe Menezes.

COMO É QUE É????? Eu diria mais… Luis Filipe Menezes é que não tem nada a ver com o PSD

{ 0 comentários }

A teta do Estado

por Pedro Sousa em 22 de Fevereiro de 2008

em País

vaca_campea.jpg 

Todos querem mamar… sempre foi assim e, pelos vistos, continua a ser assim.

A nova ministra da Saúde estipulou a atribuição de incentivos institucionais e financeiros às Unidades de Saúde Familiar. Agitaram-se logo as àguas:

a) As USF não abrangídas, reclamam que também querem mamar (apenas são abrangidas as que têm um regime remuneratório baseado em indicadores de desempenho);

b) Os médicos reclamam, porque apenas enfermeiros e administrativos são abrangidos por estes incentivos;

c) Os enfermeiros acham um logro, pois os valores ficam aquém das expectativas..

E se fossem todos para aquele sítio… bolas!!! Haja paciência!!

{ 0 comentários }

20070220enaj_andrealmeida.jpg 

«Depois de ter considerado “excelentes” as condições de trabalho no Parlamento, o jovem deputado social-democrata André Almeida viu-se ontem obrigado a apresentar um pedido de desculpa formal aos seus colegas, por ter feito estas e outras declarações à imprensa.

Eleito pelo círculo de Aveiro, o parlamentar de 30 anos chegou à Assembleia da República há pouco mais de quatro meses para substituir na bancada laranja o ex-líder do partido Marques Mendes.

Em recentes declarações ao Jornal de Notícias, André Almeida confessou que ao chegar à Assembleia da República ficou “surpreendido com o vencimento” auferido pelos parlamentares. “Vi que as ajudas de custo chegam perfeitamente para o que um deputado faz, porque temos condições excelentes”, defendeu. Por tudo isso, decidiu doar 10% do seu ordenado a instituições de solidariedade do distrito de Aveiro, por considerar que essa quantia “faz mais falta” a esses organismos.

Mal-estar. Entretanto, as palavras do jovem deputado causaram mal-estar entre os sociais-democratas e ontem, durante uma reunião da bancada, André Almeida pediu desculpa aos colegas pelas declarações irreflectidas. O puxão de orelhas veio de Agostinho Branquinho que deixou o aviso: os comentários feitos já causaram danos e desculpa alguma vai alterar isso. Aliás, citado pela agência Lusa, o deputado afirmou que as condições nem são assim tão boas, até porque ele teve de esperar um mês e meio só para ter acesso ao correio electrónico. Depois da reunião, Santana Lopes, líder da bancada, deu o caso por encerrado.»

€3.708 é o vencimento base dos deputados a que se soma 10% do salário em despesas de representação mais os abonos de transporte entre a residência e S. Bento.

Notícia de hoje no Jornal Meia Hora (distribuição gratuita)

{ 1 comentário }